A festa do turfe ponta-grossense alcançou amplo sucesso, com movimento de R$ 89.929,00 e, apesar da pista se apresentar encharcada, as oito provas apresentaram bom índice técnico, compensando os esforços dos dirigentes do Jockey Club Ponta-grossense.

Night Better regulou o ritmo da carreira, com Lumumba na segunda colocação. Hey Willie correu mais atrasado, aproximando-se dos primeiros colocados na altura dos 700, para decidir a corrida nos 400 finais, cruzando o disco com mais de dois corpos na frente de Lumumba, estabelecendo recorde para os 2.100 metros, com 2?20?. A marca anterior era de Irineus, com 2?21?3. Night Better chegou terceiro, chegando a seguir Top Colony e Prince Morgat. Não foram apresentados Outro Ligeiro e Dado.

Hey Willie, um filho de Our Captain Willie, defendeu a farda do Stud Gaudério da Querência, dirigido por Jorge Ricardo e apresentado em boa forma por Fabrício Rodrigues Petrechel, radicado em Uvaranas.

Velocidade

A prova velocidade, em 900 metros, marcou a esperada vitória de Rainha Real, defendendo a farda do Stud Lecce, também sob os cuidados de Fabrício Rodrigues Petrechel e dirigida por Leandro Chimenes. Vivelavidaloka conseguiu bom segundo, com Aicoaté na posição imediata. Rainha Real assinalou novo recorde para os 900 metros, com 54?8.

Milha

Norant, do Stud Galope, preparado no Tarumã por  Amilton Aquino Farias, bem dirigido por Jorge Marcelo Ventura, venceu a prova da milha, derrotando o favorito Happy Buck, no final, com Star Yang na terceira colocação.