O Campeonato Brasileiro de Hipismo Juvenil e Júnior, que acontece na Sociedade Hípica Paranaense, presta homenagem esta tarde a Paulo Pimentel, diretor licenciado do Grupo Paulo Pimentel. O Grande Prêmio que leva o nome do presidente da Copel fecha a competição, que começou na última quinta-feira.

Apesar do forte temporal que danificou parte da estrutura, no início do mês, a Sociedade Hípica Paranaense não teve problemas para receber o Brasileiro. A pista, onde as provas estão sendo realizadas, possui um dos três melhores pisos de areia do Brasil.

Uma das principais revelações do hipismo local é Carlos Augusto Moreira Neto, o Guto, 15 anos. Ele foi classificado entre os dez melhores cavaleiros do sul-americano, em 2002, além de vice-campeão brasileiro e paranaense de Juvenil de 2002 e campeão paranaense de Mirim, em 2001. O cavaleiro Jayme Canet, 18 anos, já foi campeão do Ranking da Hípica, em 1999.

O cavaleiro Raphael Cuelar Amaral, 15 anos, também detém o primeiro lugar em alguns campeonatos importantes, como o Paranaense Mirim 2002, Paranaense Infantil 2001 e os Brasileiros Individual e por Equipe, em 2001. E a amazonas Rosaly Saab, 14 anos, venceu o Paranaense Mini-Mirim e o Brasileiro Mini-Mirim, todos em 99. E, em 2001, o Campeonato por Equipe Infantil.

As provas de hoje têm início previsto para as 9h, e incluem as finais individuais tanto da competição juvenil quanto da júnior. Representando o presidente da Copel na entrega dos prêmios estará o jornalista Rafael Munhoz da Rocha.