O Jockey Club do Paraná realiza neste domingo, no Hipódromo do Tarumã, em Curitiba, a mais tradicional prova de turfe do Estado, o Grande Prêmio Paraná 2008. Disputado há 66 anos, a corrida é considerada de Grupo 1 (G1) no esporte turfístico, por reunir somente os melhores animais em campanha durante o ano.

Percorrido na distância dos 2.400 metros, o páreo é considerado o mais importante do Brasil em pista de areia. Os animais que obtém vitória nesse Grande Prêmio têm muitas chances de continuarem suas carreiras no exterior, onde a maioria das corridas é realizada nesse tipo de pista.

A principal prova do turfe paranaense também é a que paga a melhor premiação em dinheiro no Estado. Neste ano, o cavalo que cruzar em 1.º lugar o disco de chegada, vai garantir o valor de R$ 30 mil.

Jóqueis

Por credenciar somente os melhores corredores da temporada e os melhores jóqueis do Brasil na atualidade, o páreo se torna o mais aguardado do ano pelos turfistas e apostadores. Este ano, a prova tem um destaque especial: a presença dos jóqueis Jorge Ricardo e Pablo Falero, ambos radicados em Buenos Aires, na Argentina.

A programação, que será composta por 12 páreos, será transmitida via satélite para todo o Brasil. O 1.º páreo está marcado para as 13h30 e o GP Paraná será a 10.ª corrida, às 18h.