O Brasil perdeu nesta quarta-feira a sua única esperança no Challenger de Arad, na Romênia. Representante solitário do País no saibro da cidade romena, Ricardo Hocevar não conseguiu mostrar o seu tênis diante do checo Dusan Lojda, oitavo cabeça de chave do torneio, que distribui 30 mil euros em premiações.

Número 8 do Brasil, Hocevar foi superado por Lojda por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. A derrota comprava o momento ruim do brasileiro, que vem de seis resultados negativos em estreias, incluindo os torneios challengers de Zagreb, Alessandria, Roma e Kosice, além de perder na primeira rodada do qualifying de Wimbledon.

Além de Hocevar, o País já viu as quedas de mais dois brasileiros no saibro europeu nesta semana. No Challenger de Turim, na Itália, Thiago Alves e Júlio Silva caíram logo na estreia. Já no Challenger de Braunschweig, na Alemanha, Marcos Daniel venceu na primeira rodada e disputa as oitavas de final nesta quinta.