O Icasa vacilou neste sábado e já não depende mais de suas próprias forças para conseguir o acesso na Série B. Pela penúltima rodada do campeonato, o time cearense recebeu a vice-líder Chapecoense, que já está garantida na divisão de elite em 2014, e acabou perdendo por 2 a 1, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).

Com a derrota, o Icasa se manteve com 59 pontos e vai depender de uma combinação de resultados na última rodada, no próximo sábado, quando visita o Paraná, para conseguir o acesso. Já a Chapecoense, com o vice-campeonato garantido, tem agora 69 pontos e se despede da Série B com um confronto com o campeão Palmeiras.

O jogo deste sábado começou com 12 minutos de atraso, por causa da demora do time cearense para entrar em campo. O objetivo seria desgastar o adversário, debaixo de um calor de 35 graus no gramado do Romeirão. Com a bola rolando, o Icasa começou melhor, diante de uma Chapecoense que parecia preocupada em se defender.

A melhor chance do Icasa aconteceu aos 16 minutos, quando Juninho Potiguar invadiu a área pelo lado direito e chutou. A finalização desviou na defesa, o goleiro Danilo espalmou para cima e a bola tocou em cima do travessão antes de sair. Do outro lado, a Chapecoense pouco assustou na etapa inicial da partida.

O segundo tempo começou quente. No primeiro minuto, Bruno Rangel invadiu a área e bateu forte. A bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro João Ricardo. Assim, ele marcou seu 30º gol, sozinho na artilharia da Série B. Mas o Icasa reagiu rápido e empatou aos sete, num chute de Chapinha que desviou no caminho.

Depois disso, o jogo ficou aberto. Aos 13, Bruno Rangel cabeceou para fora. No minuto seguinte, Guto soltou uma bomba e quase deixou o Icasa na frente, mas Danilo espalmou. Com o contra-ataque à disposição, a Chapecoense marcou o segundo gol aos 23, quando Paulinho Dias acertou um forte chute no ângulo.

O cenário, depois disso, não mudou mais. O Icasa tentou ir ao ataque, na base do desespero, mas encontrou o time catarinense bem posicionado. E a Chapecoense ainda quase ampliou nos acréscimos, quando Athos chutou da entrada da área e mandou a bola na trave – depois, a defesa conseguiu aliviar o perigo.

FICHA TÉCNICA:

ICASA 1 X 2 CHAPECOENSE

ICASA – João Ricardo; Naylhor, Luis Gustavo e Luiz Otávio; Neilson, Guto (Jailson), Gilmak (Elanardo), Chapinha e Gustavo (Roberto); Leandro e Juninho Potiguar. Técnico – Sidney Moraes.

CHAPECOENSE – Danilo; Alemão, Rafael Lima, Dão e Tiago Saletti (Radar); Wanderson, Paulinho Dias, Diego Felipe e Danilinho (Athos); Bruno Rangel e Potita (Soares). Técnico – Gilmar Dal Pozzo.

GOLS – Bruno Rangel, a 1, e Chapinha, aos 7, e Paulinho Dias, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – André Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÃO AMARELO – Elanardo (Icasa).

RENDA – Não disponível.

PÚBLICO – 10.255 pagantes (10.758 total)

LOCAL – Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).