O meia Hugo poderá fazer no próximo domingo, contra o Sport, no Morumbi, pela rodada final do Campeonato Brasileiro, a sua última partida com a camisa do São Paulo. Com propostas de outros clubes, o jogador nega, porém, que o confronto terá sabor de despedida para ele.

Hugo, cujo contrato com o São Paulo se encerra no término deste ano, se mostra indeciso em relação ao seu futuro. “Ainda não defini (onde vai jogar em 2010) e não vejo esse jogo como a minha despedida do São Paulo, e sim do ano. Sei que há alguns clubes interessados no meu futebol, mas tudo vai ser resolvido durante as férias, ainda tenho muito o que pensar”, afirmou o jogador, em entrevista ao site oficial do São Paulo.

“Preciso conversar muito com a minha família para saber o que será melhor pra todos, pois tenho dois filhos pequenos. Não tenho absolutamente nada decidido”, reforçou Hugo, que ao mesmo tempo falou em tom de despedida ao comentar a sua trajetória no clube.

“Só tenho o que dizer bem dessa minha passagem no São Paulo, de tudo: do clube, da torcida, dos amigos que fiz. Sempre fui reconhecido pelo que fiz, conquistei títulos e, independentemente do que aconteça, só vou agradecer e ter carinho pelo São Paulo. Foi um clube que me engrandeceu, me valorizou e me deu muito”, ressaltou.

Hugo teve participação decisiva para o São Paulo na reta final dos Brasileiros de 2007 e 2008, quando o time se sagrou campeão nacional. Agora, o jogador espera voltar a ter um bom desempenho contra mais um rival nordestino, fato que ocorreu em outras ocasiões.

“Acho que é coincidência, mas eu tenho mesmo sorte contra times do Nordeste. Neste ano, marquei gols contra Sport, Náutico e Vitória, sendo que os dois primeiros foram decisivos. As lembranças contra o Sport são ainda maiores, já que o jogo e o gol foram poucos dias após o nascimento da minha filha. Só posso ter as melhores lembranças possíveis do adversário”, lembrou.