Uma das principais atrações do Campeonato Paranaense de 2006 vai sentar-se no banco de reservas. Freddy Rincón, 39 anos, ex-meia do Corinthians e da seleção colombiana, escolheu o Iraty para estrear na carreira de treinador. O antigo astro, apresentado ontem pela diretoria do Azulão, tem planos de seguir longe na nova carreira.

O acerto entre Rincón e Iraty teve um intermediário de peso: Vanderley Luxemburgo. O ex-técnico do Real Madrid e atual do Santos é amigo pessoal do ex-corintiano e do presidente do Azulão, Sérgio Malucelli – com o qual sempre nega manter uma sociedade. Depois de perder o treinador Gilberto Pereira para a Adap, Malucelli consultou Luxemburgo e aceitou a indicação.

Assim, o espelho para o principiante não poderia ser outro. ?Sem desprezar os outros, considero o Luxemburgo o melhor técnico com quem já trabalhei. Pretendo montar uma equipe eqüilibrada entre defesa e ataque, como ele costuma fazer?, disse o colombiano, que com o ?mestre? foi campeão brasileiro de 1998 pelo Timão. Em 2000, era capitão do time que ganhou o Mundial de Clubes da Fifa.

Sobre o novo clube, o ex-meia afirmou que conhecia o Iraty por sempre disputar campeonatos de todas as categorias, pelo título paranaense de 2002 e pelas informações de Luxemburgo. Rincón fez questão de frisar que a carreira de treinador era um sonho antigo – ele fez dois cursos específicos em São Paulo. ?Como atleta, me sinto realizado. Quero ser vencedor também como técnico?, disse o colombiano, que tem no currículo três Copas do Mundo (1990, 94 e 98) e passagens por América de Cali, Palmeiras, Santos, Cruzeiro, Napoli e Real Madrid. No Brasil, atuou por 10 anos. Em 2003, voltou ao Corinthians depois de dois anos parado, mas teve um atrito com o então treinador Tite e despediu-se, pendurando definitivamente as chuteiras.

O novo técnico, que fez contrato verbal com o Iraty, apresenta-se ao elenco no dia 27 de dezembro.