Ainda faltam algumas semanas para o duelo entre Inglaterra e Brasil, marcado para o dia 14 de novembro, no estádio de Wembley, em Londres. Quatro dias antes, no mesmo tradicional palco do futebol, os ingleses vão medir forças com a Alemanha.

A partida contra a equipe de Tite, apesar de amistosa, é tratada com bastante importância pelo técnico britânico Gareth Southgate. Isso porque, no início deste mês, após derrotarem a Eslovênia pelas Eliminatórias Europeias, os ingleses garantiram vaga na Copa da Rússia em 2018 e querem chegar afiados ao Mundial.

Segundo o comandante, a oportunidade de encarar o Brasil e a Alemanha é uma chance para observar diferentes formas de jogo. “São desafios completamente diferentes. Nós sabemos que o estilo de jogo de ambos é bem diversificado”, explicou Southgate, em declarações reproduzidas pelo site oficial da Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) nesta quarta-feira.

Primeiro colocado nas Eliminatórias da América do Sul com folgas, o Brasil já tem definido os últimos jogos antes da convocação para a Copa. Em novembro, além de enfrentar ingleses, terá como adversário o Japão, no dia 10, em Lille, na França. Já em março de 2018, Rússia e Alemanha vão ser os oponentes do time canarinho.