A Inglaterra inicia amanhã, em Saitama, no Japão, diante da Suécia, a sua caminhada na Copa do Mundo em busca do prestígio perdido pelos últimos fracassos em competições internacionais. O treinador Sven-Goran Eriksson, sueco de nascimento, espera contar com a equipe completa, inclusive com o astro David Beckham, que estava ameaçado de não disputar os primeiros jogos do Mundial em função de uma fratura no pe durante a Liga dos Campeões.

A Inglaterra vem de dois empates em amistosos diante de Coréia do Sul e Camarões, mas para o sueco, durante uma Copa, é que os jogos são de verdade. “Em amistosos, nunca entramos 100%. Tentamos vencer, mas sem arriscar muito, não são jogos de verdade”, revela Eriksson. Sobre o adversário de domingo, o técnico preferiu elogiar o time escandinavo. “A Suécia é um time difícil de vencer, e além de tudo estamos em um grupo complicado”, disse o técnico.

A Suécia chega como azarão depois da péssima campanha na Europa. A torcida sueca deposita suas esperanças na habilidade do meia Ljungberg que joga no Arsenal e do experiente atacante Larsson para surpreender os ingleses logo na primeira partida do chamado grupo da morte.

Ficha Técnica

Local:Saitama Stadiun. Horário: 6h30 (de Brasília). Árbitro: Carlos Simon (Brasil). Assistentes: Jorge Paulo Oliveira (BRA) e Yuri Dupanov (BLR). Inglaterra: Seaman, Mills, Campbell, Ferdinand e Cole; Beckham, Hargreaves e Scholes; Heskey, Owen e Vassell. Técnico: Sven-Goran Eriksson. Suécia: Hedman, Mjallby, Patrik Andersson, Lucic e Mellberg; Magnus Svensson, Andreas Svensson, Linderoth e Ljungberg; Allback e Larsson. Técnico: Tommy Soderberg.