A disputa da etapa brasileira do ASP World Tour, a divisão de elite do surfe mundial, deveria ter começado na última quarta-feira. Mas, pelo terceiro dia seguido, o início foi adiado novamente nesta sexta. O problema é a falta de boas ondas na Barra da Tijuca, no Rio, onde acontecerá a competição.

Nesta sexta-feira, o Rio amanheceu com céu nublado, chuvoso e com ondas pequenas. Assim, o início da disputa masculina ficou para acontecer neste sábado, se o mar tiver boas condições – no caso das mulheres, o campeonato começou na última quinta, mas ainda falta realizar as baterias decisivas.

“As ondas estão muito pequenas, sem condições para realizar o campeonato, tanto para as meninas quanto para os homens”, contou Richie Porta, chefe dos juízes da Associação dos Surfistas Profissionais (ASP), lembrando que a disputa da etapa brasileira tem prazo até o dia 22 de maio para terminar.Início da etapa brasileira do surfe é adiado novamente