Izmir, Turquia – Depois do show de Daiane dos Santos no solo das competições de ginástica artística, o segundo ouro do Brasil na Universíade de Izmir veio das pistas de atletismo. Na prova dos 110m com barreiras, o brasileiro Matheus Inocêncio confirmou seu franco favoritismo e ficou com o primeiro lugar, com o tempo de 13s45.

Finalista olímpico em Atenas, no ano passado, e do Mundial de Helsinque, há uma semana, Matheus havia se poupado nas semifinais de segunda-feira, quando ficou apenas com o quinto tempo. Nesta terça-feira, ele deixou para trás o canadense Jared Macleod, que precisou se contentar com a medalha de prata, após fazer o tempo de 13s67. O bronze ficou com o ucraniano Sergiy Demidyuk.

Na prova dos 100m rasos, o brasileiro Sandro Viana conquistou a medalha de bronze. Mesmo largando mal na prova, Sandro se recuperou e, nos últimos metros, conquistou o bronze, com o tempo de 10s49, um centésimo à frente do inglês Gavin Eastman. O vencedor dos 100m foi o chinês Hu Kai, com 10s30. O russo Andrey Yepishin levou a medalha de prata, com 10s43.

Natação obtém mais um bronze

Rio de Janeiro –  O nadador paulista Nicholas dos Santos conquistou na tarde de ontem a primeira medalha brasileira na natação das Universíades-2005. O atleta de 25 anos ficou com o bronze nos 50m borboleta com o tempo de 23s98.

A medalha de ouro foi para o ucraniano Sergiy Breus, com 23s63, novo recorde universitário. Já o russo Evgeny Korotyshkin levou a medalha de prata com o tempo de 23s69.