A briga pelo título pode esquentar de vez no Campeonato Italiano. Nesta sexta-feira, a Inter de Milão decepcionou mais uma vez, perdeu fora de casa de virada para o Catânia, por 3 a 1, e pode ver o Milan se aproximar perigosamente no domingo.

A derrota manteve a líder Inter de Milão com 59 pontos, quatro na frente do Milan. Mas a equipe de Pato e Ronaldinho enfrenta o Chievo no domingo, em casa, e pode chegar a 58. Já o Catânia se manteve em 15.º, agora com 31 pontos.

O resultado ainda aumenta a pressão sobre a equipe milanesa para a partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, na terça-feira, contra o Chelsea, na Inglaterra. No primeiro jogo, a Inter de Milão venceu por 2 a 1. Este ainda foi o segundo tropeço consecutivo da líder no Campeonato Italiano, após empatar com o Genoa, em casa, domingo.

Mesmo precisando da vitória nesta sexta-feira para manter a vantagem, a equipe de Jose Mourinho começou mal. O Catania não atacava com grande perigo, mas controlou o primeiro tempo. Logo aos 11 minutos, o goleiro Júlio César fez grande defesa em chute de Ricchiuti e impediu o primeiro gol.

O panorama até parecia que mudaria no início etapa final. Aos oito minutos, Eto’o avançou pela direita e tocou para Milito marcar. Mas a reação do Catania foi fulminante.

Vinte minutos depois, o argentino Maxi López, ex-Grêmio, aproveitou cruzamento de Martinez e empatou. O gol desnorteou a Inter de Milão, que sofreu a virada aos 36, em pênalti convertido por Mascara. E a um minuto do fim, Martinez driblou Lúcio e bateu na saída de Júlio César, definindo o placar.