Belo Horizonte – Diante de 38 mil torcedores que compareceram ao Mineirão, mesmo debaixo da chuva que castigou a capital mineira desde o início da noite de ontem, Atlético-MG e Internacional ficaram no empate por 1 a 1, em partida válida pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Tinga marcou para os gaúchos e Rodrigo Fabri empatou para os mineiros. Com o resultado, o Inter se manteve na liderança da competição, com 51 pontos. Já o Galo, que se vencesse deixaria a zona de rebaixamento, manteve-se na 19.ª colocação, agora com 30 pontos.

Devido ao campo encharcado, a partida ficou muito truncada no primeiro tempo, com os dois times cometendo muitas faltas no meio-de-campo. Mas ao contrário da primeira etapa, quando se posicionou mais na defesa, o Internacional voltou mais determinado para o segundo tempo, e passou a pressionar o Atlético, que tentava se segurar. Aos 17?, o Colorado abriu o marcador. Élder Granja encontrou Tinga dentro da área. Sem marcação, o atacante chutou forte, no alto, para fazer Inter 1 a 0.

Atrás no placar, o Atlético saiu para o ataque. O armador Rodrigo Fabri sofreu falta de Perdigão, na entrada da área, aos 32. Ele mesmo partiu para a cobrança e empatou a partida.

Atlético-MG 1 x 1 Inter
Atlético-MG – Bruno; Cáceres, Henrique (Leandro Castan) e Lima; George Lucas, Amaral (Euller), Vinícius, Fábio Baiano (Rodrigo Fabri) e Rubens Cardoso; Uéslei e Catanha Técnico: Marco Aurélio. Internacional – Clemer; Índio, Edinho e Ediglê (Ceará); Elder Granja, Gavilán, Tinga (Wellington), Perdigão e Alex; Rafael Sobis e Rentería (Mossoró) Técnico: Muricy Ramalho. Gols: Rodrigo Fabri, aos 32?, e Tinga, aos 17? do 2.º tempo. Árbitro: Luiz Antônio Silva Santos (RJ). Cartões amarelos: Bruno, Amaral, Rodrigo Fabri, Clemer e Perdigão. Local: Mineirão, em Belo Horizonte.