De virada, o Internacional venceu nesta quarta-feira o Atlético Mineiro por 2 a 1, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), e encostou no G-4 do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time do técnico Celso Roth – dispensado pelo clube mineiro no fim do ano passado – conquistou sua terceira vitória consecutiva na competição e chegou aos 16 pontos. Já a equipe de Vanderlei Luxemburgo sofreu sua sétima derrota na competição, a segunda consecutiva, e permanece com 9 pontos, sem conseguir escapar da zona de rebaixamento.

Luxemburgo apostou na entrada de Diego Souza desde o início da partida, apesar de o meia ainda não estar no melhor de sua forma física. O craque do Brasileirão do ano passado, contudo, compensou a deficiência com uma atuação de qualidade. Logo na primeira finalização, Diego Souza abriu o placar, aos 7 minutos. Após começar a jogada, ele recebeu na área e marcou o seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

O Atlético, porém, manteve a vantagem somente por cinco minutos. Aos 13, o atacante Alecsandro recebeu de Taison, driblou o lateral Diego Macedo e o goleiro Fábio Costa e empatou para o Internacional. Na etapa final, o mesmo Alecsandro virou o placar para o time gaúcho, aos 15 minutos. O atacante marcou o seu sexto gol no Brasileiro.

Com o placar adverso, equipe mineira precisou se lançar ao ataque. Luxemburgo promoveu a entrada de Ricardo Bueno no lugar de Neto Berola. No primeiro lance, o atacante teve a chance de marcar, mas chutou à direita de Pato Abbondanzieri, aos 22. Um minuto depois, Tardelli chutou prensado com o goleiro colorado, que salvou o gol de empate.

O Atlético pressionou até o fim, mas não conseguiu superar a marcação do Internacional – para a frustração da pequena torcida que compareceu à Arena do Jacaré e vaiou os jogadores alvinegros. “Temos que assumir a responsabilidade e tentar tirar o Atlético dessa situação”, comentou o volante Ricardinho. No entanto, para Luxemburgo, sua equipe jogou bem. “Eles foram duas vezes lá e fizeram dois gols”, disse. “Tenho certeza que estamos no caminho certo”.

Na próxima rodada, o Atlético enfrentará o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, no sábado, às 18h30. Já o Internacional receberá o Flamengo, no Beira-Rio, em Porto Alegre, no domingo, às 16 horas.

Ficha técnica

Atlético-MG 1 x 2 Internacional

Atlético-MG – Fábio Costa; Diego Macedo, Cáceres, Jairo Campos e Fernandinho; Zé Luís (Ricardinho), Serginho, Fabiano (João Pedro) e Diego Souza; Diego Tardelli e Neto Berola (Ricardo Bueno). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Internacional – Pato Abbondanzieri; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Guiñazu, Tinga (Wilson Matias) e D’Alessandro (Giuliano); Alecsandro e Taison. Técnico: Celso Roth.

Gols – Diego Souza, aos 7, e Alecsandro, aos 13 minutos do primeiro tempo; Alecsandro, aos 15 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Kleber e Pato Abbondanzieri (Internacional).

Árbitro – Luiz Flávio de Oliveira (SP).

Renda – R$ 158.160,00.

Público – 4.713 pagantes.

Local – Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).