Mesmo jogando sem cinco de seus titulares, o Internacional venceu o Flamengo por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Com a vitória em casa, o clube gaúcho passou a ter 19 pontos, ainda dentro do G4, o grupo dos quatro melhores do Brasileirão, e manteve o rival flamenguista estacionado nos 16 pontos.

Ovacionado pela torcida, o técnico Celso Roth conduziu o Internacional à sua quarta vitória consecutiva no Brasileirão, o que dá mais moral para encarar o São Paulo na quarta-feira, no Beira-Rio, pela semifinal da Libertadores. E foi por causa desse importante compromisso que ele escalou um time misto neste domingo.

Mas Roth orientou o time misto a manter a mesma característica do titular. A marcação foi eficiente, dando pouca liberdade aos adversários, enquanto os jogadores de meio-campo trocaram passes rápidos em direção ao ataque e também lançaram a bola para as arrancadas em velocidade de Taison, em movimentos quase sempre comandados pelo experiente Tinga.

Foi numa das jogadas características dessa nova fase que o Internacional fez o gol da vitória, logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Taison tabelou com Éverton, recebeu a bola e, vendo que a defesa flamenguista estava se fechando, mandou um chute certeiro, da intermediária, no canto esquerdo de Marcelo Lomba: 1 a 0.

Ao longo do primeiro tempo, o Flamengo só conseguiu concluir três vezes ao gol, todas em jogadas áreas. Numa delas, Rômulo cabeceou a bola na trave. Nas outras duas, também de cabeça, Jean errou a pontaria. Melhor para o Inter, que soube manter a vantagem no placar.

No segundo tempo, foi a vez de o Internacional mandar duas bolas na trave, em conclusões de Rafael Sóbis, aos cinco minutos, e Taison, aos 11. O Flamengo também teve duas chances. As conclusões de Vinícius Pacheco, aos dez, e Petkovic, aos 41, foram certeiras, mas o goleiro Renan estava bem colocado e garantiu a vitória do time gaúcho.

FICHA TÉCNICA:

Inter 1 x 0 Flamengo

Inter – Renan; Daniel, Índio, Fabiano Eller e Juan; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Derley) e Taison (Andrezinho); Rafael Sóbis (Giuliano) e Éverton. Técnico: Celso Roth.

Flamengo – Marcelo Lomba; Rômulo (Marquinhos), Jean e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Correa, Willians, Petkovic e Juan; Vinícius Pacheco (Cristian Borja) e Diego Maurício (Val Baiano). Técnico: Rogério Lourenço.

Gol – Taison, aos 4 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – Wilson Luiz Seneme (SP).

Cartões amarelos – Daniel, Juan, Tinga, Taison, Éverton, Jean e Vinícius Pacheco.

Renda – R$ 357.275,00.

Público – 25.002 pessoas.

Local – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.