O Internacional visita o Coritiba neste sábado, às 18h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 25.ª rodada, para acabar com a sequência de maus resultados fora de casa e embalar no Campeonato Brasileiro. Apesar de vencer os três últimos jogos em Porto Alegre, o time colorado não consegue repetir o bom desempenho longe de seus domínios e acumula três derrotas e dois empates.

As derrotas têm sido catastróficas. Incluem o 5 a 0 diante do arquirrival Grêmio, 3 a 0 para o Avaí e 2 a 0 contra o São Paulo. Os empates foram sem gols com Ponte Preta e Cruzeiro. A última vitória na casa do adversário aconteceu há dois meses, quando bateu o Joinville por 2 a 0, no dia 12 de julho, pela 13.ª rodada – o técnico ainda era o uruguaio Diego Aguirre.

Por conta desta oscilação, o Internacional ocupa apenas a 10.ª colocação na tabela de classificação, com 34 pontos, a quatro de alcançar o G4. O adversário vem de oito jogos sem derrota e precisa manter a boa sequência, pois está na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 27 pontos.

Na última rodada, a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras trouxe problemas para o Internacional. O meia argentino D’Alessandro foi substituído com dores nas costas e é dúvida para o duelo diante do Coritiba. O atacante Valdívia também sentiu uma pancada no joelho direito, mas está liberado.

O técnico Argel Fucks ainda não poderá contar com o volante Nilton, que foi expulso, e com o atacante Eduardo Sasha, que levou o terceiro cartão amarelo. Ele deverá escalar Wellington e pode reforçar o setor de marcação com Anderson. Caso decida manter o esquema com três atacantes, Lisandro López entra na equipe.