Porto Alegre – Depois de seis jogos, o Internacional voltou a vencer uma partida pelo Brasileirão, ontem, quando derrotou o Vitória, por 2 a 1, no Beira-Rio, com dois gols de Fernandão. O clube gaúcho soma 39 pontos, enquanto o baiano tem 33 pontos. Apesar de jogar em casa, o Internacional cercou-se de cuidados defensivos e fez marcação individual sobre os atacantes do Vitória. O volante Álvaro grudou em Hulk e o zagueiro Vinícius não deu folga a Obina.

A estratégia deu certo, graças, sobretudo, à atuação do meia Fernandão, que defendeu, armou e concluiu com precisão.

O Vitória teve a posse de bola por mais tempo e criou mais oportunidades, que Pedro, Cléber e Obina desperdiçaram. Mas o Internacional foi mais eficiente em seus ataques.

Gavilán, da ponta direita, cruzou para Fernandão marcar o primeiro gol, de cabeça. Já no segundo tempo, quando o Vitória pressionava em busca do empate, Fernandão recebeu um lançamento na ponta esquerda, venceu um marcador e fez o segundo. O Vitória descontou no fim do segundo tempo, quando Cléber marcou, de pênalti, o gol dos baianos.

Ficha técnica
Gols:
Fernandão aos 22? do 1.º tempo e aos 28? do 2.º; Cléber aos 38? do 2.º. Internacional: Clemer; Bolívar, Edinho, Vinícius e Galego; Álvaro, Marabá, Gavilán (Wellington) e Fernandão; Danilo (Gláucio) e Didi. Técnico: Muricy Ramalho. Vitória: Juninho; Marcelo Heleno (Alex Silva), Milton do Ó e Felipe Saad; Pedro (Alex Santos), Xavier, Amaral, Cléber e Fabinho; Hulk e Obina. Técnico: Hélio dos Anjos. Árbitro: Márcio Rezende de Freitas (SC). Cartões amarelos: Marabá e Milton do Ó. Público: 11.230 (9.142 pagantes). Renda: R$ 104.082,00. Local: Beira-Rio.