Apesar do frustrante empate diante do Atlético-GO, o torcedor segue mobilizado. A ponto de a diretoria acreditar em pelo menos 1.500 tricolores empurrando o time em Joinville. Uma verdadeira invasão. Serão vinte ônibus lotados e a expectativa de que mais 500 veículos se juntem ao comboio, entre vans e carros particulares. O comando da Polícia Militar de Santa Catarina estabeleceu uma série de normas para que os automóveis cheguem à Arena Joinville de forma organizada.

A mobilização “assustou” até mesmo os dirigentes do Joinville, que relutaram para liberar os ingressos, mantendo a mesma promoção aplicada aos torcedores do JEC. “No fim, deu tudo certo. Acreditamos na força da nossa torcida e pedimos, acima de tudo, muita calma a todos”, disse o superintendente Celso Bittencourt, confiante de que o Tricolor trará um bom resultado de Santa Catarina. A expectativa é que o time jogue apostando nos contragolpes em velocidade.

Há uma orientação para que todos levem documentos e comprovante para o direito ao meio-ingresso. Também há um pedido para que os torcedores levem seu lanche, pois não haverá parada no trajeto entre Curitiba e Joinville.