Mais dois times trocaram de treinadores na última rodada do Paranaense. Paulo Campos deixou o Iraty e foi pro Mogi Mirim (SP). No Engenheiro Beltrão quem dançou foi André Oliveira, que ao contrário do técnico do Azulão, foi dispensado pela diretoria.

As duas equipes ainda não escolheram seus substitutos e serão comandados na rodada do meio de semana pelos respectivos auxiliares técnicos – Jaime de Almeida Filho e Richard Malka. O Paranavaí foi o primeiro time a demitir seu treinador, com Lio Evaristo assumindo o lugar de Cláudio Tencatti.

“A proposta do Mogi foi muito superior à nossa, e não tivemos como segurar o técnico (Paulo Campos). Mas ele deixou as portas aberta aqui no Iraty”, disse José Roberto, assessor da diretoria do Azulão, que ainda justificou a modesta campanha até agora do time no Estadual.

O Iraty ocupa a 10.ª posição na tabela, com 5 pontos ganhos em 5 jogos, e na última rodada arrancou um empate (0 a 0) em Paranavaí. “O Paulo Campos não teve tempo para colocar em prática o seu trabalho. Alguns jogadores importantes da equipe ainda se recuperam de contusões – os meias Ricardinho e Ceará – e outros ainda buscam melhor condicionamento, caso do atacante Gilson, e do meia André Oliveira, que voltaram de empréstimos.

Sobre a vinda de um novo treinador, José Roberto disse que esse assunto está sendo tratado pela diretoria. “O Jaime – auxiliar técnico, jogou no Flamengo e pode nos ajudar no comando do time”, disse o assessor do clube.

Sem desespero

O Engenheiro Beltrão confirmou ontem a demissão do técnico André Oliveira, mas ainda não definiu o substituto. Em nota no site oficial do clube, o presidente da Aereb, Luiz Linhares, justificou dizendo que o técnico “não conseguiu fazer com que a equipe assimilasse suas idéias”.

“Não há por que se desesperar, porém não dá pra ficar inerte”, diz Linhares em outro trecho da nota. No domingo, o Engenheiro perdeu por 4 a 2 para o Rio Branco, em Paranaguá, e caiu para a 13.ª colocação.

O novo treinador deve ser anunciado depois da difícil partida de amanhã, em Cianorte, contra o vice-líder do Campeonato Paranaense. Nesta partida, o time será dirigido interinamente pelo preparador físico e auxiliar Richard Malka.

Se for bem, Linhares poderá até manter o interino – a exemplo do que ocorreu no ano passado, quando o auxiliar Cláudio Piruá entrou pra quebrar um galho e virou técnico efetivo.