A Irlanda questionou a Fifa sobre a possibilidade de disputar a Copa do Mundo como a 33ª seleção, em um modo de minimizar o erro de arbitragem cometido na repescagem contra a França. O atacante Henry tocou a bola com a mão no lance do gol que classificou os atuais vice-campeões mundiais para a África do Sul.

O presidente Joseph Blatter revelou nesta segunda-feira que a Fifa recebeu um questionamento formal da Irlanda por conta da jogada ilegal no lance do gol de William Gallas. Anteriormente, a Fifa rejeitou o pedido irlandês para repetir a partida da França.

“Nós podemos ser o time número 33 na Copa do Mundo?”, disse Blatter, em Johannesburgo, relatando o pedido irlandês. A Fifa irá discutir a requisição durante reunião do comitê executivo na próxima quarta-feira.