Londres – Uma notícia muito ruim atingiu o mundo da F-1 ontem. A Ford anunciou o fim das atividades na categoria e a venda da equipe Jaguar, que deixará a F-1 no fim da atual temporada.

O anúncio inesperado da Ford foi feito em conjunto com a notícia de que a montadora americana encerraria a produção de carros na fábrica de Coventry, centro da Inglaterra, medida que vai ocasionar a perda de mil postos de trabaho. A Ford alega que a demanda de veículos caros destinados a consumidores de alta renda é cada mais baixa na região.

O problema na F-1 pode ser ainda maior. A Cosworth, fornecedora de motores, também não receberá mais subsídios da Ford, colocando em dúvida a participação de outras duas equipes em 2005: Minardi e Jordan. Ambas dependem destes motores.