A principal prova de sexta-feira, o Grande Prêmio Dois de Dezembro, em homenagem ao 132.º aniversário do Jockey Club, como se esperava, foi vencido facilmente pelo favorito Jangadeiro, que depois de dominar Video Air, na primeira parte do percurso, seguiu até o final, ganhando fácil daquele rival, que formou a dupla com Barthez a seguir.

Jangadeiro, de criação do Haras Mossoró, apresentado em boa forma por Luiz Roberto Feltran, conseguiu mais uma importante vitória para o Stud Lu e Léo, dirigido com tranqüilidade por João Sampaio Cardoso.

Provas complementares

Seo Colin venceu a prova de abertura, com excelente desempenho da joqueta Luciane Andrade. Artepraça correu na frente, enquanto Lots Of Sun, quando dominou Artepraça, deu impressão de vitória, mas no final foi dominado por Seo Colin, de Carlos Alberto Lassance Júnior, que foi apresentado por Marcus Vinicius Lanza.

Chefe do Inferno conseguiu sensacional vitória na segunda prova. Miss The Photo correu na ponta, seguida de perto por Brilhant. Na reta, Miss The Photo chegou a dar impressão de vitória, mas nos últimos metros foi dominada por Chefe do Inferno, com Brilhant perto na terceira colocação. Chefe do Inferno, dirigido por Cristiano Martins, defendeu August Inckot, sob os cuidados de Mário Aparecidos dos Santos.

Pitt Hunter, sob os cuidados Luiz Roberto Feltran, venceu a terceira prova, defendendo a farda do Stud Lu e Léo, dirigido por João Sampaio Cardoso. Pitt Hunter correu na ponta e seguiu até o final, com Ortigueira em bom segundo. Robalo Flexa, negando-se a fazer a curva, derrubou o jóquei Edgar Araújo que saiu ileso do acidente.

Travel Guide seguiu de perto a veloz Autoridade Glory, para atacá-la na reta de chegada e, depois de assumir a ponta seguiu até o final, com Tiger Of Cord na formação da dupla, chegando a seguir Triumphal Slew. Travel Guide, do Stud Apela, foi apresentado por Pedro Nickel Filho e dirigido por Emerson Gonçalves Cruz. A nota lamentável da prova foi a queda de Autoridade Glory, que afogou-se nos últimos metros. André Luiz Matos foi internado com suspeita de fratura de clavícula.

Ardor conseguiu boa vitória na quinta prova do programa. Seguiu de perto a veloz Donaldinha, para livrar vantagem nos metros finais, com California Sands atrasando-se para terceiro. Ardor, do Haras Guamiranga, bem dirigido por Leandro Chimenes, foi apresentado por João de Souza Arruda.

Landmann assumiu a ponta após a partida e seguindo até o final sem ser ameaçado por Cariri, que formou a dupla, atrasando-se Droll para terceiro. Landmann, do Stud Evolution, preparado por Pedro Nickel Filho, recebeu a direção de Diego Shibata.

Vauxhal, defendendo as cores do Stud Sol do Sul, preparado por Valmor Fagundes, venceu a sétima prova, marcando a primeira vitória de Valmor Rocha, que veio de Sorocaba. Assumiu a ponta após partida e seguiu até o final, defendendo-se do ataque de Robocop, com Sounds Perfect em bom terceiro.

Humilde Senhor, de Cezar Augusto Kozinieski, treinado por Dilson Antunes e dirigido por Valdemir Lemos de Medeiros, venceu a oitava prova, com Kenesiano na formação da dupla, chegando a seguir o estreante Julhião.

Imparcial, do Stud Evolution, confirmou seu favoritismo na prova de encerramento, decidiu a corria nos 300 finais, dirigido por Leandro Chimenes e apresentado por Pedro Nickel Filho. Arrematando com boa ação, Guardião do Rei conseguiu a formação da dupla.