A experiente japonesa Kimiko Date-Krumm, 56.ª do ranking, garantiu mais um nobre feito nesta semana. Venceu no sábado a israelense Shahar Peer, 13.ª do mundo, de virada, com parciais de 3/6, 7/6 (7/5) e 7/5, e garantiu uma vaga na decisão do Torneio de Osaka, no Japão.

Com 40 anos, Date-Krumm terá uma adversária também experiente na final: a tailandesa Tamarine Tanasugarn, de 33 anos, que superou a segunda favorita Marion Bartoli, da França, por 6/2 e 7/5. Esta será a decisão entre as duas tenistas mais experientes da história da WTA.

Na sexta-feira, a japonesa havia vencido Samantha Stosur, oitava do ranking, e se tornou a primeira tenista com sua idade a derrotar uma top 10 no circuito. E se ganhar a decisão, Date-Krumm pode quebrar a marca de Billie Jean King como a atleta mais antiga a conquistar um título. Quando ganhou em Birmingham em 1983, a norte-americana tinha 39 anos.