Mesmo com o título do Campeonato Carioca, o técnico Jayme de Almeida vem tendo seu trabalho à frente do Flamengo questionado, a ponto de correr risco de demissão caso a equipe não consiga um bom resultado domingo, diante do Palmeiras, no Maracanã. Isso porque o time rubro-negro está há cinco partidas sem vencer.

Jayme reconhece a pressão, mas nesta sexta-feira o técnico garantiu que não está preocupado com uma possível demissão. “Futebol é resultado. Ganhei três títulos (pelo Flamengo). Repito que tenho consciência do que fiz e represento aqui no clube”, disse. “Vou fazer o melhor, como tenho feito. Se não vier o resultado, faz parte do esporte. Mas a cobrança é normal por vitórias.”

Sobre a partida diante do Palmeiras – que também passa por um momento instável e vem de derrota em casa para o Fluminense -, Jayme espera que seu time tenha uma postura semelhante àquela apresentada no domingo passado, mesmo que o resultado tenha sido a derrota diante do Corinthians.

“(O Flamengo) foi melhor mesmo jogando com 10. Tivemos chances e não fizemos. Ficou uma sensação de ter feito bem a coisa e ter perdido, principalmente para os jogadores. Espero a mesma postura contra o Palmeiras”, afirmou.