Nem o recente título em Bogotá, conquistado no último domingo, foi suficiente para embalar o brasileiro João Souza nesta terça-feira rumo à vitória em sua estreia pelo Challenger de Cali, também na Colômbia. O número 3 do País caiu logo na primeira rodada, assim como o seu compatriota Marcos Daniel, campeão do torneio em 2008.

Segundo cabeça de chave em Cali, João Souza pareceu sentir o cansaço pela campanha vitoriosa em Bogotá. Tanto que chegou a levar um “pneu” no segundo set, perdendo para o equatoriano Giovanni Lapentti com parciais de 6/3 e 6/0. Apesar da derrota, o jovem de 22 anos aparece na sua melhor posição da carreira no ranking mundial, no 112.º lugar.

Já Marcos Daniel, que acumula numerosos títulos em torneios colombianos, comprovou a sua má fase na temporada. Mesmo sendo semifinalista em Bogotá, ele não confirmou a sua condição de quarto favorito em Cali e caiu diante do tenista local Alejandro Gonzalez, perdendo por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/4.

Ainda nesta terça, outros dois brasileiros tiveram melhor sorte e avançaram às oitavas de final. Rogério Dutra da Silva bateu o alemão Gero Kretschrner com parciais de 6/3 e 7/5 e pega agora o colombiano Robert Farah. No confronto brasileiro, Caio Zampieri venceu Ricardo Hocevar por 2 a 1, com parciais de 6/1, 1/6 e 6/3. Zampieri terá pela frente Júlio Silva, outro compatriota.

MONTEVIDÉU – Pelo challenger uruguaio, que vale como a segunda das seis etapas da Copa Petrobras, o único brasileiro que permanecia na disputa foi eliminado nesta terça. O juvenil Guilherme Clezar, de apenas 17 anos, perdeu do romeno Catalin Gard por 2 a 1, com parciais de 7/5, 3/6 e 6/4. Na segunda, Rafael Camilo já havia caído na estreia.