Seja nas apresentações ou nos resultados, o Coritiba segue instável na disputa da Série B. O Alviverde, apesar de estar na porta do G4 da competição, ainda está devendo, principalmente nas suas atuações em campo. O Coxa busca mais regularidade e estabilidade para a sequência da segunda divisão e, para isso, ainda está entendendo as características do torneio.

“Acho que a partir do momento que a gente tiver a análise e o entendimento do campeonato, vamos ter mais atenção. Como diz no ditado do futebol: é botar a bunda no chão sem a bola. Isto porque a nossa qualidade com a bola vai sobressair. Temos que unir o útil ao agradável. Se a gente entender isso aí, temos grandes chances de conseguir o acesso”, afirmou o volante João Vitor.

+ Leia também: Coxa quer aproveitar má fase do América-MG pra vencer fora

Mesmo sem ter feito uma grande partida diante do Cuiabá, no último sábado, o Coritiba conseguiu vencer por 2×1 e subiu na classificação. Mesmo com uma atuação irregular, na visão do volante Matheus Sales o Verdão destacou a evolução que está tendo neste começo da segunda divisão.

“Acho que o nosso time vem em uma crescente. Acho que é normal no começo do campeonato dar uma oscilada. Mas temos em mente que temos que continuar melhorando e evoluindo para conseguir o objetivo que é o acesso para a primeira divisão”, reforçou o volante coxa-branca.

+ Mais na Tribuna: Louzer dá sua cara ao Coritiba e busca se consolidar no comando

Nesse processo de entendimento da Série B, o Coritiba está encontrando a competição deste ano mais equilibrada. Nenhum time conseguiu disparar na liderança e há uma distância curta entre as equipes que estão figurando na parte de cima da classificação com os times que estão próximos da zona de rebaixamento.

“A gente vê um equilíbrio muito grande, até pelos empates que estão acontecendo. Alguns times estão se sobressaindo, conseguindo as vitórias. Times bem montados, com cara de quem vai brigar pelo acesso e o Coritiba é um deles. Temos que nos conscientizar e entender mais o campeonato. Pela nossa qualidade, pelos jogadores que aqui estão, temos tudo para conseguir um bom e nossos objetivos”, comentou João Vitor, que acredita que os times que estão no caminho para brigar pelo acesso já apresentaram alguns diferenciais.

+ Confira a classificação completa da Série B

“Um time bem montado é aquele que sem a bola vai brigar os onze e os três que entrarem no segundo tempo. Até o treinador se puder entrar em campo para dar um carrinho vai ser uma ajuda muito importante. O torcedor do nosso lado será muito importante e, com a bola, a gente tem as melhores opções, as melhores jogadas. Esses fatores fazem a diferença na Série B”, acrescentou.

Apesar de todo esse equilíbrio apresentado até agora, João Vitor já listou quais serão os principais concorrentes do Coxa na luta para retornar à primeira divisão. “A gente vê o Bragantino na ponta, até o Londrina, que oscilou, o Sport, que perdeu para o Operário. Então, são três clubes que, junto com a gente, vão brigar até o final pelo acesso”, concluiu o jogador.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!