O dia chuvoso da seleção italiana começou com uma notícia que não tem nada a ver com futebol, mas que mesmo assim provocou alvoroço na delegação e também entre os jornalistas do país que fazem a cobertura da equipe: Balotelli vai se casar.

A notícia foi dada pelo próprio atacante. Em sua conta do Instagram, ele postou quase a uma hora da manhã o seguinte texto: “Ela disse sim, o sim mais importante da minha vida. Este é o lugar onde fiz o pedido. Te amo, feliz aniversário. Te amo, minha esposa!”. Abaixo, colocou uma foto da praia e uma do anel de noivado no dedo de Fanny Neguesha, uma modelo belga.

A noiva também demonstrou sua emoção no Instagram. “Hoje eu disse o sim mais importante da minha vida. Foi o melhor presente de aniversário que já ganhei. Te amo, primeiro e único marido”, declarou a modelo. Ela completou 23 anos, mesma idade de Balotelli – ele fará 24 em agosto.

Dado o adiantado da hora em que a postagem foi feita, a notícia só explodiu de manhã. Primeiro na Itália, que está cinco horas à frente no fuso horário, e depois em Mangaratiba. Quando Balotelli entrou em campo para treinar, foi saudado pelos companheiros com um aplauso efusivo.

Não é a primeira vez que o “bad boy” italiano fica noivo. Ele esteve prestes a se casar com Raffaela Fico, participante de um reality show italiano em que também esteve presente Abigail, irmã de Balotelli, mas ela terminou a relação de tanto ver fotos do atacante com outras mulheres em discotecas e bares. Poucos meses depois do rompimento, em dezembro de 2012, nasceu sua filha Pia. Mas o jogador só foi ver a filha pela primeira vez em abril deste ano, numa audiência num tribunal de Nápoles para tratar do esquema de visitas à pequena.

Quando ela nasceu, Balotelli colocou em dúvida publicamente a sua paternidade. Raffaella fez uma peregrinação por programas de tevê e deu várias entrevistas apelando para o atacante reconhecer a criança, mas ele não se comovia. Exigiu um exame de DNA, e só depois de o resultado ter comprovado a paternidade, dispôs-se a vê-la.

Nos sites italianos, a repercussão da notícia entre os leitores foi negativa – em mais uma demonstração de que os torcedores estão cansados de Balotelli. Nos comentários deixados abaixo dos textos, o que mais se vê são frases do tipo “falem de futebol e não das palhaçadas desse sujeito”, “esse cara aparece mais fora de campo do que dentro” e “quem se interessa pelos namoros de Balotelli?”.

Se o anúncio do casamento fizer Balotelli colocar a cabeça no lugar e jogar mais do que vem jogando, o técnico Cesare Prandelli agradecerá. Caso contrário, o receio de que uma “Balotelada” (termo criado pelos jornalistas italianos para se referir às bobagens cometidas por ele) conturbe o ambiente ou prejudique a equipe numa partida continuará vivo.