Washington e Dagoberto (treinando
chutes com Ivan) lideram a
campanha do estádio lotado.

Pode parecer redundante, mas os atacantes Dagoberto e Washington já estão convocando a torcida para a partida do Atlético contra o Flamengo, às 16h de domingo, na Arena. A dupla de ataque quer casa cheia para o time continuar na busca pelo segundo título do campeonato brasileiro. Nem precisava pedir, com a vitória sobre o Cruzeiro e a ótima campanha no nacional, a tendência é de que os ingressos se esgotem já na quinta-feira.

“Domingo, esperamos que a torcida compareça e a gente tem certeza que vai comparecer. Estamos procurando fazer o máximo dentro de campo, os resultados favoreceram um pouco, abrimos seis pontos do terceiro colocado e isso é muito positivo”, vibra Dagoberto. Segundo ele, o time está nesta colocação e disputando palmo a palmo o título com o Santos devido à inteligência. “Não estamos nos abatendo quando saímos atrás no placar. Nem sempre vamos sair vencendo, nem vamos fazer o que a torcida quer, porque é preciso jogar com inteligência. Nós temos que nos preocupar com o nosso desempenho, entrar em campo e fazer a nossa parte”, receita.

Já o companheiro de frente de Dagoberto, Washington, vai mais além. Para ele, todo o esforço que o time vem fazendo precisa ser recompensado com a segunda estrela dourada na camisa. “É bom que os gols estejam saindo, mas de nada adianta tudo isso se nós não ganharmos o título. Eu quero é ganhar o título”, destaca. Para tanto, ele também pede a presença do torcedor na Arena contra os cariocas. “Pedir para a torcida do Atlético ir ao estádio é chover no molhado. Mas, não custa pedir e peço que a torcida compareça no domingo para nos apoiar mais uma vez porque vamos em busca dos resultados que podem nos dar o título.”

Serviço

Para este confronto, o Atlético irá colocar os ingressos à venda a partir das 10h de quinta-feira nas bilheterias da Arena, nas lojas Agroplantas e Sementes, Prajá Comes e Bebes e Candeias e nos quiosques do clube nos shoppings Total e Curitiba. Os preços são os seguintes: reta superior, R$ 60,00; reta inferior, R$ 30,00 e demais setores, R$ 15,00. Estudantes, crianças até 12 anos e idosos têm 50% de desconto. A carga total para a partida deve ficar entre 21 e 22 mil. O clube não soube informar quantos bilhetes ficarão à disposição em cada local de venda, mas alerta ao torcedor para antecipar a compra o máximo possível.

Maiores chances de conquista

A vitória do Atlético sobre o Cruzeiro não só manteve a equipe na vice-liderança do Campeonato Brasileiro como fez subir as chances de conquista do título e de uma vaga à Copa Libertadores. Da semana passada para cá, o time pulou de 25,6% para 34,4% as possibilidades de ganhar mais um nacional, segundo o sítio chancedegol.com.br. Além disso, está cada vez mais perto de garantir um lugar no torneio continental na próxima temporada.

De acordo com os cálculos de Marcelo Leme de Arruda, após a vitória sobre o Corinthians, o Furacão tinha apenas 25,6% de chance de conquistar o caneco. Com os três pontos conquistados contra o Cruzeiro, esse número subiu para 34,4% e deixou o time da Baixada mais próximo do Santos, que saltou de 46,6% na semana passada para 49,7% agora. Os mais próximos deles na busca pelo título são o São Caetano com 7,2% e o Goiás, com 3,7%. Os demais não passam de 3% de chances.

Já para a Libertadores, o chancedegol.com.br também mostra uma grande evolução do Atlético. Os números rubro-negros pularam de 80,1% para 91,6%, enquanto os do Santos tiveram uma evolução menor: as chances do Peixe saíram de 90,0% e foram para 94,3%. Após esses, quem mais tem possibilidade de disputar o torneio internacional são o mesmo São Caetano, com 59,4%, Goiás (45,2%), Palmeiras (35%). Os outros não passam de 25%.

Time

Números à parte, o elenco atleticano volta a trabalhar hoje à tarde no CT do Caju. Para o próximo adversário, o Flamengo, as 16h de domingo, na Arena, o técnico Levir Culpi não poderá contar com o zagueiro Marcão, o volante Alan Bahia e o meia William, todos suspensos. Em compensação, ele poderá contar com os zagueiros Rogério Correia e Fabiano, após a suspensão automática.