No início dos preparativos para a volta aos treinos no campo, o FC Cascavel teve que isolar dois jogadores do seu elenco, que deram resultado positivo nos testes da Covid-19, feitos no último sábado (30): o zagueiro Guilherme Borech e o atacante Magno. Além deles, o presidente do clube, Valdinei Silva, também teve o teste positivo.

Os três estão assintomáticos e ficarão em observação pelo departamento médico da Serpente, realizando novos testes dentro de dez dias. Os demais atletas, além da comissão técnica, retornaram nesta segunda-feira (1º) às atividades presenciais e ficarão em quarentena no centro de treinamento durante os próximos 15 dias.

“Estamos cumprindo rigidamente os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde e todas as providências necessárias estão sendo realizadas para proteger aqueles que trabalham diariamente no clube. Nos demais testados o resultado foi negativo, sem nenhum sintoma apresentado, podendo, assim, seguir a programação normal das atividades”, afirmou o médico do clube, Claudio Bibiano.

+ Cristian Toledo: Futebol sem torcida: reflexos dentro e fora de campo de um fato que muda o jogo

Vale lembrar que o FC Cascavel é um dos oito times classificados para o mata-mata do Campeonato Paranaense. A Serpente terminou a primeira fase na segunda colocação e encara o Rio Branco nas quartas de final.

Comissão técnica do FC Cascavel também foi testada. Foto: Filipe Fachini/FC Cascavel

Dos clubes que já testaram seus elencos, até aqui, Coritiba, Operário e Cianorte não tiveram nenhum caso. Já Athletico e Paraná não revelaram os resultados. A expectativa é que o Tricolor tenha a conclusão dos exames nesta segunda.

No Estado do Paraná já são 4.687 casos confirmados do novo coronavírus, com 182 mortes. As informações são da Secretaria de Estado da Saúde, divulgadas no último domingo (31).

+ Mais do futebol paranaense:

+ Dazn retoma pagamentos e reforça proximidade do retorno do Estadual
+ Retorno do futebol gera preocupação com preparo físico dos jogadores