A Pira dos Jogos Sul-Americanos já está acesa. Em uma cerimônia realizada neste domingo em São Paulo, a prefeita da cidade, Marta Suplicy, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, e representantes das outras três cidades que sediarão a competição compareceram ao Parque do Ibirapuera para a chegada do fogo sul-americano, procedente da cidade de Tiwanaco, na Bolívia. Os VI Jogos Sul-Americanos acontecerão simultaneamente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belém e Curitiba, entre 1 e 11 de agosto. Esta será a maior competição multiesportiva que o Brasil recebe nos últimos 40 anos, desde os Jogos Pan-Americanos, em 1963, em São Paulo.

A tocha foi conduzida pelo atleta paraolímpico Atônio Tenório da Silva, do judô. Após ler uma mensagem do presidente do Comitê Olímpico Internacional, o belga Jacques Rogge, Nuzman destacou a importância dos Jogos Sul-Americanos para o esporte brasileiro. “Esta competição está demonstrando a integração de quatro cidades, independente do partido político, todas unidas pelos ideais do esporte. Isso trará muitos benefícios para as futuras candidaturas do Brasil a Eventos esportivos internacionais. Tenho certeza de que no dia que derem uma chance de sediarmos outros eventos desse porte, como os Jogos Pan-Americanos e os Jogos Olímpicos, ninguém segura mais o Brasil”, afirmou. Como exemplo, a cidade do Rio de Janeiro concorre com San Antônio, no Texas, pela sede dos Jogos Pan-Americanos de 2007. A decisão será em agosto, na Cidade do México.

Após o acendimento da pira sul-americana, representantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Belém e Curitiba acenderam as tochas de cada cidade. À tarde, Rio de Janeiro, Belém e Curitiba também fizeram o acendimento de suas piras, que permanecerão acesas até o dia 11 de agosto, último dia de competições. A Ultragaz está fornecendo o gás para a pira das quatro cidades.

Atletas e ex-atletas acompanharam a cerimônia no Parque do Ibirapuera, como a ginasta Camila Comin e o nadador Gustavo Borges, a diretora do Centro Olímpico, Maria Paula Gonçalves, a Magic Paula, a medalhista de bronze pelo vôlei nos Jogos de Atlanta, Ana Moser, a ex-nadadora Patrícia Amorim e o ex-jogador da seleção de basquete, Paulinho Villas-Boas. A chegada do fogo sul-americano também contou com a presença do mascote Tamba.

Em Curitiba, a tocha olímpica ficará no Jardim Botânico, onde arderá até o dia 11 de agosto, data em que serão encerrados os Jogos Sul-Americanos.