O espanhol Marc Coma aumentou sua vantagem na liderança da classificação geral do Ralli Dakar que está sendo realizado na Argentina e no Chile, na categoria motos. Venceu ontem o quarto estágio da competição, completando o percurso de 459 km, entre as cidades de Jacobacci e Neuguen, com sua KTM em 4h09min32s.

Ele liderou o dia de ponta a ponta, chegando 1min17s à frente do francês Cyril Despres, que vinha tendo problemas durante o rali e obteve sua melhor classificação nas quatro etapas. Com o triunfo, Coma tem 14h41min21s no acumulado, com a vantagem de 42min57s para o norte-americano Jonah Street.

Brasileiro é punido

José Hélio Rodrigues Filho terminou o percurso com o tempo de 4h28min41s, na 14.ª posição do dia. Porém, o brasileiro foi punido com 20 minutos por ultrapassar a velocidade permitida em uma área de radar, caindo momentaneamente da 11.ª para a 14.ª colocação no geral (a 1h39min06s do líder).

Carros

O espanhol Carlos Sainz venceu nesta o quarto estágio do Ralli Dakar, na categoria carros. A bordo de um Volkswagen, ele completou o percurso de 459 km, entre as cidades de Jacobacci e Neuguen, em 3h42min57, 6s à frente do catariano Nasser Al-Attiyah, que vem se apresentando como seu principal concorrente.

Ambos têm duas vitórias no rali, e Sainz o vence por 3min46s na classificação geral – 12h47min45s contra 12h51min31s. Na Espanha, Al-Attiyah, Campeão do Mundo de Produção, é apontado como grande rival do espanhol para o final da competição.

A BMW do catariano foi ultrapassada por Sainz por volta do km 180, caindo para a segunda colocação no estágio. Ele ainda foi passado pelo argentino Orlando Terranova no trecho seguinte, mas se recuperou e terminou o quarto dia de competição em segundo.

Divulgação
Caminhão de Gerard de Rooy e Marcel Van Melis chegou na frente.

Quadriciclos

O piloto Joan Manuel Gonzalez venceu seu primeiro estágio no Ralli Dakar 2009. Com o tempo de 5h18min33s, ele dominou a quarta etapa entre os quadriciclos e foi o terceiro espanhol a triunfar no dia: Marc Coma (motos) e Carlos Sainz (carros) também chegaram à frente em suas categorias.

No percurso de 459 km, entre as cidades de Jacobacci e Neuguen, a bordo de um Raptor 700 da Yamaha, Gonzalez deixou o francês Christophe Declerck (a 16min18s) e o checo Josef Machacek (a 29min05s) na segunda e terceira colocações.

Na classificação geral, Declerck se mantém na liderança, com o tempo total de 19h14min51s. Em segundo, aparece Gonzalez, a 31min27s, ao passo que Machacek é o terceiro mais bem colocado, 49min34s atrás do líder.

Caminhões

O trio formado pelos holandeses Gerard de Rooy e Marcel van Melis, além do belga Tom Colsoul, terminou na frente a quarta etapa do Ralli Dakar, entre os caminhões. Eles percorreram o percurso de 459 km em 4h20min27s e mantiveram a liderança na classificação geral, com 15h16min41s.

A especial desta terça-feira começou na cidade de Jacobacci, com piso areia e pedra, passando por terra até chegar em Neuguen, já asfalto. Amanhã, os pilotos partem de Neuguen com destino a San Rafael, em 506 km de especial.

Em segundo, chegou o caminhão dos russos Vladimir Chagin, Sergey Savostin e Eduard Nikolaev, que conduziram o Kamaz do trio até o final do estágio a 46s do Ginaf da De Rooy, vencedor da prova.

O Trata da Petrobras, dos brasileiros André Azevedo e Maykel justo, além do tcheco Jaromir Martinec, chegou na sexta colocação, a 15min12s, e ainda é o quinto colocado no acumulado, com um tempo 1h10min40s inferior aos líderes.