O judô deu ao Brasil a sua primeira medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude, que estão sendo realizados em Nanquim, na China. Nesta segunda-feira, Layana Colman foi campeã na disputa até 52kg ao derrotar na final a búlgara Betina Temelkova, em luta definida por ippon. “Eu me privei de muita coisa para conquistar isso”, celebrou a brasileira, chorando, em entrevista à TV Globo.

Layana Colman entrou para competir em Nanquim tendo no retrospecto a medalha de bronze no Mundial Sub-18 do ano passado. E ela conseguiu um resultado ainda melhor nos Jogos da Juventude. Curiosamente, a sua única vitória por ippon na China foi exatamente a que lhe rendeu a medalha de ouro.

Na sua estreia, Layana Colman venceu a guatemalteca Karla Lorenza por um yuko. Depois, superou a sueca Nellie Einstein por wazari para se garantir nas semifinais. Depois, diante da georgiana Mariam Janashvili, atual vice-campeã mundial juvenil, avançou por recebido menos penalizações.

A medalha conquistada por Layana Colman foi a segunda do Brasil nesta edição dos Jogos da Juventude. Antes, no último domingo, os competidores do País conquistaram uma prata na natação, na disputa do revezamento misto 4×100 metros livre, com uma equipe formada por Matheus Santana, Nathalia de Luccas, Luiz Altamir e Giovanna Diamante.