O Brasil está na final do Mundial de Judô na disputa por equipes. Leandro Cunha, Bruno Mendonça, Leandro Guilheiro, Tiago Camilo e Rafael Silva faturaram grande vitória sobre a Coreia do Sul, por 3 a 2 na série melhor-de-cinco lutas, e avançaram no torneio.

Leandro Cunha e Tiago Camilo venceram suas lutas, enquanto Leandro Guilheiro e Bruno Mendonça perderam. A decisão ficou com o pesado Rafael Silva, que conseguiu uma dramática vitória no golden score, após empate nos cinco minutos de luta.

Na decisão, o Brasil terá pela frente a França, que, empurrada por 17 mil torcedores, superou o Japão também por 3 a 2. Detalhe: sem o pentacampeão dos pesados Teddy Riner.

O Usbequistão foi o primeiro adversário dos brasileiros. Leandro Cunha, Bruno Mendonça, Flávio Canto, Tiago Camilo e Rafael Silva não tiveram problemas e passaram com fáceis 5 a 0. Leandro Cunha foi o destaque, ao derrotar Rishod Sobirov, apontado como o melhor judoca da atualidade. Cunha havia sido batido pelo rival na disputa individual

Na segunda rodada foi a vez do time brasileiro, formado por Leandro Cunha, Bruno Mendonça, Flávio Canto, Hugo Pessanha e Daniel Hernandes, superar os chineses. Foram mais cinco triunfos consecutivos.