Juninho Pernambucano teve nesta quinta-feira seu primeiro contato com a bola desde o retorno ao Vasco. O meia, após mais uma bateria de exercícios físicos, disputou o coletivo entre os reservas e mostrou boa condição técnica e física. A questão, agora, é saber quando o jogador vai estar totalmente pronto para a estreia. Não há data definida, mas diretoria planeja a festa para o dia 9 de julho, contra o Internacional, em São Januário.

Certamente, o veterano de 36 anos vai precisar de algumas partidas para pegar o ritmo do futebol brasileiro. No entanto, dada a qualidade técnica de Juninho com a bola nos pés, a comissão técnica vascaína acha que o processo não será tão longo.

“A readaptação depende de cada pessoa. O Juninho é um cara muito profissional, sempre se cuidou. Ele jogou apenas dois anos (no Catar) e isso é uma diferença considerável. A maratona e o ritmo de jogos é completamente diferente, mas na parte física ele não terá dificuldade”, aposta Felipe, ele mesmo um veterano que chegou ao Vasco depois de cinco anos no país árabe e enfrentou dificuldades.

No treino desta quinta, o técnico Ricardo Gomes mais uma vez utilizou Allan na vaga do machucado Eduardo Costa na cabeça de área. Dessa forma, Fagner retoma a lateral-direita. Eis a formação que deve encarar o Grêmio, domingo, no Olímpico: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Allan, Felipe e Diego Souza; Eder Luís e Alecsandro.