São Paulo – A diretoria do São Paulo anunciou no final da tarde de ontem a contração do lateral esquerdo Júnior – ex-Palmeiras e que estava no Parma da Itália. O clube italiano facilitou a saída do jogador por não ter condições de pagar o 1 milhão de euros (R$ 3,54 milhões) que Júnior recebe por ano. O jogador – que esteve na seleção brasileira campeã na Ásia – demorou para acertar porque queria uma compensação por ter o contrato rescindido.

No São Paulo, Júnior receberá R$ 120 mil mensais e deverá ocupar a vaga deixada por Gustavo Nery, que se transferiu para o Werder Bremen, da Alemanha. Poderá atuar tanto na lateral quanto no meio-campo.

Júnior será apresentado na segunda-feira, junto com o meia Nildo (ex-Sport), que realizou exames e foi liberado pelos médicos. A diretoria do São Paulo estava preocupada com as condições físicas do jogador, que em 2000 sofreu uma cirurgia no joelho direito. Os exames mostraram que o jogador está recuperado.