O Botafogo da Paraíba conseguiu nesta sexta-feira, junto ao STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva), um efeito suspensivo que garante que a equipe siga disputando a Copa do Brasil até que a causa seja julgada pelo tribunal pleno do STJD, o que acontecerá apenas na quinta-feira que vem.

A equipe paraibana havia sido punida pela inscrição irregular do atleta Raimundo Clementino, o Edmundo, que ainda não havia cumprido os quatro jogos de suspensão a que foi condenado pela expulsão de um jogo da Copa do Brasil de 2009, quando ainda defendia o Campinense.

Por conta disso, o Botafogo perdeu os pontos da partida contra o Caxias, já pela segunda fase, e, como já havia também sido derrotado no jogo de ida, acabou eliminado da Copa do Brasil pela CBF por não poder mais reverter a situação e avançar de fase.

Com o efeito suspensivo, a CBF, que havia cancelado o jogo de volta contra o Caxias, voltou a confirmar a partida para o dia 6 de abril, às 21h, no estádio Centenário de Caxias do Sul. Se não vencer por um resultado que não seja o 1 a 0 (o que levaria o jogo para os pênaltis), o Botafogo será julgado já eliminado da Copa do Brasil.