A cidade de Turim enfim voltará a viver o clássico local na primeira divisão do Campeonato Italiano no próximo sábado, depois de três anos de ausência do Torino na elite, e ganha em importância devido ao momento da Juventus, que lidera a tabela de classificação, mas vem de uma derrota para o Milan no último fim de semana.

Imbatível até o mês passado, a Juve ligou o sinal de alerta depois de ter perdido dois dos últimos quatro jogos no torneio. A vantagem no topo, que já foi de quatro pontos, agora é de dois – 32 a 30 contra o Napoli, segundo colocado.

Após o revés contra o Milan, o técnico Antonio Conte decidiu fazer algumas mudanças no time, a começar pelo ataque. A dupla formada por Giovinco e Vucinic, que foi a mais usada, mas vinha sendo preterida, começará jogando no Juventus Stadium no domingo.

Conte, no entanto, também deverá levar em conta a partida contra o Shakhtar Donetsk na próxima quarta-feira, em que a ‘Vecchia Signora’ precisará de um empate na Ucrânia para se garantir nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Por isso, alguns jogadores, como os zagueiros Cáceres e Chiellini e o meia Pepe, deverão ser poupados.

No Torino, o foco é total no clássico, o que custou inclusive a eliminação na Copa da Itália na última quarta-feira. O técnico Giampiero Ventura poupou alguns atletas, e o time foi derrota por 2 a 0 para o Siena.

À espera de mais um tropeço da Juve, o Napoli tem tudo para somar três pontos na 15ª rodada, já que jogará em casa contra o Pescara, lanterna do campeonato. A grande baixa para o técnico Walter Mazzarri será o atacante Pandev, machucado.

Outros concorrentes na cola da ‘Vecchia Signora’ são a Fiorentina e Inter de Milão, que somam 28 pontos cada e ocupam atualmente a terceira e a quarta posições, respectivamente.

O time de Florença vinha de cinco vitórias consecutivas, mas freou ao empatar com o Torino fora de casa no último domingo. O próximo compromisso será receber a Sampdoria no estádio Artemio Franchi.

Já a Inter poderia estar na vice-liderança, mas na última segunda-feira foi surpreendida com uma derrota para o Parma. A reabilitação será buscada no domingo diante do Palermo, em San Siro.

Com as críticas à falta de criatividade do meio-campo ‘nerazzurro’, o técnico Andrea Stramaccioni poderá escalar Philippe Coutinho para abastecer a dupla de ataque argentina formada por Diego Milito e Rodrigo Palacio.

Em quinto lugar, com 26 pontos, a Lazio medirá forças com o Parma no Estádio Olímpico, enquanto a rival Roma, que aparece em sexto, com 23 visitará o Siena.

Já o Milan, que mesmo com a vitória sobre a Juventus ainda está a 14 pontos do líder, na nona posição, quer vencer duas partidas seguidas pela primeira vez no campeonato nesta temporada. A equipe abrirá a rodada na sexta-feira visitando o Catania.