Bruxelas – Com um gol de Kaká, o Milan venceu o Anderletch por 1 a 0, ontem, em Bruxelas, e deu um passo importante para avançar às oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Com o resultado, o time italiano chegou aos 7 pontos no Grupo H, do qual é líder. Os belgas ficaram com 2 pontos.

O Milan começou o jogo com três brasileiros: Dida, Kaká e Ricardo Oliveira, substituído no segundo tempo por Cafu.

O gol da vitória saiu aos 13 minutos da etapa final, quando o time já tinha um jogador a menos – Bonnera foi expulso 11 minutos antes. Kaká arrancou da intermediária para tocar na saída do goleiro Zítka e marcar seu segundo gol na competição.

Real goleia

Mesmo jogando fora de casa, o Real Madrid superou os romenos do Steaua Bucareste por 4 a 1, ontem, no Estádio Ghencea, pelo Grupo E.

Os gols madrilenhos foram de Sérgio Ramos, Nistelrooy (2) e Robinho.

Com o resultado, a equipe espanhola, que contou também com Emerson e Ronaldo, segue na segunda colocação da chave, com 6 pontos. A liderança está com o Lyon, que bateu o Dínamo de Kiev por 3 a 0, fora de casa, e chegou aos 9 pontos. O time francês manteve os 100% de aproveitamento com gols de Juninho Pernambucano, Källström e Malouda.

Herói

Daniel Carvalho, ex-Internacional, foi o autor do gol salvador que colocou o CSKA na ponta do Grupo G com 7 pontos. O triunfo por 1 a 0 foi sobre o forte Arsenal, segundo colocado com 6.

Chelsea e Barça se reencontram

Londres – No jogo mais esperado da rodada da Liga dos Campeões da Europa, o Barcelona vai a Londres hoje enfrentar o Chelsea de olho na liderança do Grupo A. As equipes reeditarão um duelo que marcou as duas últimas edições do torneio – a ESPN Internacional mostra ao vivo às 15h45 (horário de Brasília). Atualmente, os ingleses lideram com 6 pontos, dois a mais que o Barça.

O técnico Frank Rijkaard, do time espanhol, espera as mesmas dificuldades de outros anos. Em 2004/2005, a equipe inglesa eliminou o Barcelona.

E na edição passada, os espanhóis se deram melhor.

Os dois confrontos aconteceram nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões.

Pelo lado do Chelsea, a situação de Cech ainda preocupa – sofreu lesão no crânio e precisou ser operado. Mas seus colegas prometem empenho. No gol, a novidade será Hilario, terceiro goleiro da equipe – o reserva imediato, Cudicini, também está machucado e vetado.