O futuro de Tony Kanaan na equipe Andretti na Fórmula Indy foi colocado em risco depois que o principal patrocinador do carro do piloto decidiu deixar de apoiá-lo. A 7-Eleven, rede de lojas de conveniência dos Estados Unidos, decidiu encerrar o patrocínio, de acordo com anúncio a escuderia.

“Estamos confirmando hoje que a 7-Eleven não vai voltar como o principal patrocinador do carro 11 [de Kanaan] na próxima temporada. Estamos gratos por seus muitos anos de apoio e estamos orgulhosos de tudo o que conquistamos juntos”, afirmou John Lopes, vice-presidente e diretor de marketing da Andretti.

A equipe garantiu que deseja continuar com Kanaan, mas o liberou para procurar uma nova equipe na Fórmula Indy. “Nossa esperança é ter Tony Kanaan e o carro 11 como parte de nossa equipe novamente em 2011 e atualmente estamos trabalhando muito duro para encontrar os patrocínios necessários para tornar isso uma realidade. Entretanto, e embora ele continua sob contrato com a Andretti, demos a Tony e seus empresários, a permissão para conversar com outros donos de equipes da Indy para explorar outras alternativas que poderão estar disponíveis no momento”.

Preocupado com a situação, Kanaan desabafou no Twitter – rede de microblogs na internet. O brasileiro divulgou o contato da equipe de marketing da 7-Eleven para reclamações e prometeu superar a situação. “Dia difícil, mas não e a primeira vez que isso acontece comigo, situações como essa me fazem mais forte”, escreveu.

Na Andretti desde 2003, Kanaan foi campeão da Fórmula Indy em 2004 e acumulou 14 vitórias nesse período. Nesta temporada, ele o melhor piloto da equipe na categoria ao terminar o campeonato na sexta colocação.