Depois de anunciar, na segunda-feira, que o ex-jogador Oscar Schmidt havia sido indicado para o para integrar o Hall da Fama do Naismith Memorial Basketball, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) revelou, nesta terça, que o ex-técnico Kanela também consta na listagem e concorre à honraria.

Oscar e Kanela (Togo Renan Soares) já fazem parte do Hall da Fama da Fiba (Federação Internacional de Basquete). Já o Hall da Fama americano tem, de brasileiros, apenas o ex-pivô Ubiratan Maciel e a ex-ala Hortência Marcari.

Kanela comandou o Brasil nos títulos mundiais de 1959 e 1963, nos vice-campeonatos em 1954 e 1970, e na conquista da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Roma, em 1960. Em clubes, trabalhou, entre outros, no Flamengo (onde foi mais de uma dezenas de vezes campeão estadual), no Botafogo, no Palmeiras e no Vila Nova-GO.

Oscar e Kanela vão passar por uma série de avaliações de uma comissão de júris, responsável por avaliar o currículo dos indicados. Na primeira, receberão o resultado na semana do All-Star Game, em fevereiro. Se aprovados, serão submetido a nova avaliação, a ter seu veredicto anunciado em abril.