Não foi sem sustos que Angelique Kerber comemorou o seu aniversário de 29 anos nesta quarta-feira, mas, ao final, a alemã conseguiu a classificação à terceira rodada do Aberto da Austrália. Em um duelo com 2 horas e oito minutos, a número 1 do mundo superou a compatriota Carina Witthoefet, a 89ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 6/7 (3/7) e 6/2.

Kerber é a atual campeã do Aberto da Austrália, também tendo sido campeão do US Open na temporada passada, depois a fechando como a número 1 do mundo. Por isso, há grande expectativa sobre o seu desempenho neste ano em Melbourne. Até agora, porém, não brilhou, precisando de três sets para vencer os dois duelos que disputou.

Nesta quarta-feira, Kerber largou com uma quebra de serviço, perdeu o seu saque na sequência, mas converteu mais um break point no terceiro game. Depois, voltou a quebrar o saque da oponente no sétimo game e fechou o set na sequência para triunfar por 6/2.

No segundo set, Kerber voltou a começar na frente ao obter quebra de serviço no primeiro game, mas perdeu o seu saque no quarto. A definição da parcial ficou para o tie-break. Quando liderava por 3/2, Kerber cometeu uma dupla-falta e não voltou mais a pontuar, sendo batida por 7/3.

Witthoefet, então, converteu break point logo no primeiro game do terceiro set, mas depois sucumbiu. Kerber venceu quatro games seguidos, abriu 4/1 e fechou o jogo ao converter mais um break point, no oitavo game.

Classificada para a terceira rodada do Aberto da Austrália, Kerber agora terá pela frente a checa Kristyna Pliskova, a número 58 do mundo, que superou a romena Irina Begu por 6/4 e 7/6 (10/8).

OUTROS JOGOS – Campeã de Roland Garros em 2016, a espanhola Garbiñe Muguruza assegurou a sua segunda vitória em Melbourne ao bater nesta quarta a norte-americana Samantha Crawford, 162ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Sua próxima adversária vai ser a letã Anastasija Sevastova, 33ª colocada no ranking, que superou a eslovaca Kristina Kucova por 6/3 e 6/4. Muguruza buscará uma revanche, pois Sevastova foi sua algoz na segunda rodada do US Open no ano passado.

Derrotada na primeira rodada do Aberto da Austrália em 2016, Venus Williams, número 17 do mundo, já se garantiu na terceira ao superar nesta quarta-feira a suíça Stefanie Voegele, 112ª colocada no ranking, por 6/3 e 6/2.

Venus, que nunca venceu o Aberto da Austrália, agora duelará a chinesa Ying-Ying Duan, número 87 do mundo, que fez 6/1, 3/6 e 10/8 na norte-americana Varvara Lepchenko.

Número 10 do mundo, a russa Svetlana Kuznetsova superou a australiana Jaimee Fourlis (414ª) por 6/2 e 6/1. Na terceira rodada, terá pela frente a sérvia Jelena Jankovic, ex-líder do ranking e número 54 do mundo, que venceu a alemã Julia Goerges por 6/3 e 6/4.

Entre as cabeças de chave, outros destaques do dia foram as eliminações da espanhola Carla Suárez Navarro, pela romena Sorana Cirstea, da porto-riquenha Monica Puig, pela alemã Mona Barthel, e da chinesa Shuai Zhang, pela norte-americana Alison Riske. Já a ucraniana Elina Sviotolina e a russa Anastasia Pavlyuchenkova venceram seus jogos pela segunda rodada do Aberto da Austrália.