Principal contratação do Palmeiras para o segundo semestre, o atacante Kleber fez neste domingo a sua reestreia com a camisa alviverde. Em amistoso contra o XV de Piracicaba, disputado na casa do adversário, no Estádio Barão de Serra Negra, o reforço não foi bem e perdeu um pênalti, mas mesmo assim o time palmeirense venceu por 3 a 1.

Enquanto Kleber não estava num dia inspirado, ao menos o Palmeiras pôde contar com a estrela do lateral-direito Vitor, que foi às redes por duas vezes e marcou seus primeiros gols pelo clube. O jovem Patrik, revelado nas categorias de base, foi o responsável por fechar o placar da vitória, que só foi conquistada nos minutos finais.

Já com o auxiliar técnico Flávio Murtosa no comando do time – o técnico Luiz Felipe Scolari só se apresenta no próximo dia 15 -, o Palmeiras teve outra novidade além de Kleber na escalação: no gol, Deola foi o substituto do lesionado Marcos. No segundo tempo, o atacante Tadeu, mais um recém-contratado, também fez a sua estreia.

Mas sobrou mesmo para Vitor definir a vitória. Depois que Kleber viu o goleiro do XV defender um pênalti sofrido por ele mesmo no primeiro tempo, o lateral abriu o placar aos 14 minutos da etapa complementar, ao acertar um chute cruzado da entrada da área. Júlio César chegou a empatar na sequência, mas Vitor fez mais um aos 43 e Patric ainda marcou o terceiro aos 45.

Se o Palmeiras já teve dificuldades para vencer o modesto XV de Piracicaba, que foi promovido neste ano à Série A-2 do Campeonato Paulista, a equipe também não deve ter vida fácil no seu segundo teste da intertemporada. Visando o retorno do Campeonato Brasileiro, o time faz mais um amistoso na próxima sexta-feira.

Aproveitando o feriado paulista de 9 de julho, o Palmeiras enfrenta às 17h30 de sexta o Boca Juniors, no Palestra Itália. O amistoso marcará a despedida do estádio, que fechará por cerca de dois anos para reformas. O adversário argentino já foi responsável por duas eliminações dos palmeirenses na Copa Libertadores.