O alemão Philipp Kohlschreiber faturou neste domingo, pela segunda vez na carreira, o Torneio de Munique, jogado no saibro, ao vencer por 2 sets a 0 o croata Marin Cilic, com parciais de 7/6 (10/8) e 6/3. O título, que ele também havia conquistado em 2007, rendeu ao tenista da casa 250 pontos no ranking da ATP, a Associação de Tenistas Profissionais,

Quarto cabeça da chave em Munique, Kohlschreiber precisou de uma hora e 49 minutos para passar por Cilic, pré-classificado com um posto acima do dele, e que buscava um título inédito em torneios no saibro.

Para chegar à vitória, o alemão precisou salvar sete de oito break points que teve contra si, incluindo aí quatro no segundo set. Agora ele mantém um retrospecto de cinco vitórias em oito confrontos diante de Cilic. O título rendeu a Kohlschreiber 71.900 euros (mais de R$ 170 mil)

O conquista é a quarta da carreira do alemão de 28 anos, que, após o jogo, mostrou não estar acostumado com títulos. “Eu realmente não sei o que falar. Eu não tenho tanta experiência nisso quanto (Roger) Federer”, brincou.