A checa Petra Kvitova protagonizou a segunda “zebra” do dia no Torneio de Madri. Poucas horas após a eliminação da bielo-russa Victoria Azarenka, Kvitova vacilou diante da eslovaca Daniela Hantuchova e foi superada de forma precoce na competição espanhola, por 2/6, 6/2 e 6/3. Já a sérvia Ana Ivanovic passou sufoco, mas avançou às quartas de final.

Número 8 do mundo, Kvitova oscilou no serviço e cometeu cinco duplas faltas. Acabou perdendo o saque por cinco vezes. Mais regular, Hantuchova aproveitou os vacilos da rival e, com uma forte reação, venceu o segundo e o terceiro sets e garantiu a vitória após 2h14min.

Nas oitavas de final, a tenista da Eslováquia vai enfrentar a estoniana Kaia Kanepi, que avançou no torneio ao eliminar a espanhola Carla Suarez Navarro por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1.

Após a queda de Kvitova, a ex-número 1 do mundo Ana Ivanovic flertou com nova “zebra” nesta quarta diante da jovem britânica Laura Robson. A tenista de 19 anos saiu na frente, ao vencer o set inicial por 7/5, mas não sustentou a vantagem por muito tempo. Ivanovic empatou com um 6/2 na segunda parcial.

Robson, então, buscou a reação ao faturar quebra de saque no terceiro set. Em vantagem, chegou a sacar para o jogo. No entanto, sucumbiu à pressão da rival e perdeu o saque. Ivanovic, por sua vez, também serviu para o duelo, mas não aproveitou sua chance. Decidido no tie-break, com 7/6 (7/5), a partida terminou em uma dupla falta de Robson, para alívio da sérvia.

Nas quartas de final, Ivanovic terá pela frente a alemã Angelique Kerber, atual número seis do mundo, que eliminou mais cedo a russa Svetlana Kuznetsova por 3/6, 6/4 e 7/5. Em outra partida desta quarta, a russa Maria Kirienko despachou a francesa Kristina Mladenovic por 6/7 (5/7), 6/1 e 6/4.