Florianópolis – O tenista Gustavo Kuerten anunciou, ontem, que Larri Passos não é mais seu treinador. Assim, chega ao fim uma parceria de 15 anos e muitos títulos. Ao lado do técnico, Guga venceu 20 torneios no circuito mundial, entre eles o tricampeonato de Roland Garros e Copa do Mundo de Lisboa. Além disso, terminou 2000 como o número 1 do mundo, posto que manteve por 43 semanas. ?Foram 15 anos de muitas conquistas no circuito e só tenho a agradecer por ter tido o Larri ao meu lado. Mas depois de todo esse tempo, senti a vontade de ter uma experiência diferente e viajar sem técnico?, disse Guga.

O tenista, que se recupera de uma cirurgia no quadril, fez questão de agradecer por tudo que Larri fez por ele. ?Com certeza, no começo, vou sentir muito a falta do Larri, vai ser uma coisa nova. Mas mesmo não tendo ele ao meu lado no dia-a-dia, tudo o que eu fizer vai ter a mão do Larri, pois foi ele quem me descobriu e me fez jogador. E apesar de não termos mais um relacionamento profissional, o carinho e a amizade vão existir sempre, porque o Larri é como um pai para mim e tomara que a gente continue a ter sucesso, cada um no seu caminho.?

Larri continuará administrando a Larri Passos Tênis pro, o seu projeto social, o ?Criança Feliz no Tênis, Feliz na Escola,? e está analisando propostas de trabalho. ?Foram 15 anos maravilhosos juntos. Para mim o tênis é uma religião e vou continuar trabalhando com tênis competitivo. Aceitei a decisão do Guga e acho que ele está maduro para seguir o próprio caminho.?

Guga permanecerá em Santa Catarina, treinando com ex-colegas de circuito e se preparando para voltar a competir, a partir do dia 4 de abril, no ATP de Valência, na Espanha.