O Atlético vai entrar em campo contra o Coritiba, amanhã, na Vila Capanema, mais uma vez modificado. Expulsos na derrota para o Grêmio, em Porto Alegre, o zagueiro Luiz Alberto e o lateral-esquerdo Pedro Botelho desfalcam o lado esquerdo da defesa atleticana no clássico. Na zaga, e sem mistérios, Dráusio deve compor a defesa ao lado de Manoel. Assim, a principal dúvida que o técnico Vagner Mancini tem para encarar o Coxa está do lado esquerdo.

A tendência é que Rodrigo Biro, que veio da Ponte Preta envolvido na troca pelo meio-campo Elias, ganhe a posição de titular. Porém, a comissão técnica rubro-negra não sabe se o jogador tem condições de atuar os 90 minutos. Se Rodrigo Biro não for o escolhido, outros dois jogadores vão brigar pela posição. O meio-campo Zezinho, que neste Campeonato Brasileiro já atuou também como volante, é o preferido para jogar diante do Coritiba. Outra opção pode ser o meio-campo Maranhão, que já atuou duas vezes na competição improvisado na lateral-esquerda.

Outra dúvida é a participação do meio-campo Paulo Baier no duelo contra o Alviverde. O maestro, que atuou como titular nos últimos quatro jogos do Atlético, pode ser poupado. Se não for escalado, o espanhol Fran Mérida tende a ser a surpresa entre os titulares. Mas está no ataque a principal novidade do Furacão para enfrentar o Coxa. O atacante Marcelo, depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, está à disposição do técnico Vagner Mancini para formar a dupla ofensiva do time ao lado de Éderson – artilheiro isolado do Brasileirão, com 15 gols.