São Paulo – O casamento entre Emerson Leão e Edmundo no Palmeiras segue sem crise. Mas o técnico já deu um recado para o atacante, que foi substituído no segundo tempo dos dois primeiros jogos do Paulista. Se ele não começar a mostrar seu verdadeiro futebol, ao invés de ser chamado de ?Animal?, passará a ser chamado de ?Bichano?.

?Ele sofre a mesma pressão que eu sofria. Quando jogava precisava ter um desempenho ótimo, senão me chamavam de gatinho?, brincou o ex-goleiro Leão.