O volante Lenon e o meia Zé Roberto quase levaram ao pé da letra a briga por uma posição no time titular do Flamengo para a jogo de sábado, contra o Sport, no Maracanã. Os dois jogadores se desentenderam no treino desta sexta-feira, na Gávea, e quase foram às vias de fato.

Lenon era marcado por Zé Roberto quando o jovem de 19 anos não gostou da forma como o companheiro o acossou e revidou com um empurrão e a tentativa de uma “voadora”. Quem estava próximo ao lance separou os dois e evitou o pior.

O técnico Andrade conversou com os atletas e minimizou o fato. “Eu estava de costas e não vi quando aconteceu. Se acontece nas famílias, imagina em um grupo de 30 jogadores. Tivemos uma conversa e já está tudo resolvido. O Lenon se desculpou”, disse Andrade, ressaltando que eles serão multados.

Os dois jogadores, e mais Fierro, disputam a vaga do suspenso Willians. Andrade ainda não definiu qual será o escolhido, mas deu pistas de que deverá escolher o jogador chileno. “Só vou definir amanhã, momentos antes do jogo. A entrada do Fierro seria é a mais simples, porque são jogadores que se parecem mais. Mas não descarto o Lenon e o Zé”.

No ataque, o técnico confirmou a presença de Adriano, que defendeu a seleção brasileira na quarta-feira, contra o Chile, em Salvador. “O Adriano chegou muito bem. Está bastante animado e motivado. A presença dele em campo preocupa a zaga adversária. Tenho certeza que ele será importante amanhã [sábado]”.