Após a realização de uma ressonância magnética na tarde deste sábado, os médicos do Palmeiras confirmaram que o meia chileno Valdivia sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Assim, ele deve ficar de 10 a 15 dias em recuperação, sem poder jogar.

“Não foi uma lesão grave, mas requer um tempo de recuperação. Ele vai ficar entre 10 e 15 dias realizando fisioterapia e, durante esse período, vamos aguardar a evolução da lesão”, explicou o médico do Palmeiras, Vinícius Martins, após fazer o exame.

Valdivia sofreu a contusão muscular ainda durante o primeiro tempo da vitória do Palmeiras sobre o Universitário, por 1 a 0, na última quinta-feira, em Sucre, na Bolívia, pelas oitavas de final da Copa da Sul-Americana. Assim, deve perder os próximos quatro jogos.

Sem Valdivia, o técnico Luiz Felipe Scolari deve escalar o meia Lincoln no time do Palmeiras que enfrenta o Ceará, neste domingo, na Arena Barueri, pelo Brasileirão. Enquanto isso, ele poderá contar o zagueiro Maurício Ramos e os volantes Edinho e Pierre.

 

Edinho sequer jogou na Bolívia, por causa de uma indisposição intestinal. Já Pierre e Maurício Ramos deixaram o campo na quinta-feira com dores no tornozelo esquerdo. Mas os três treinaram normalmente neste sábado e estão à disposição para enfrentar o Ceará.