O volante Lucas Leiva deve ficar dois meses afastado dos gramados, após ter sofrido uma lesão no joelho direito no último sábado, quando defendia o Liverpool em jogo contra o Aston Villa pelo Campeonato Inglês. Com isso, ele perderia o último amistoso da seleção brasileira antes da convocação para a Copa do Mundo, marcado para o dia 5 de março, contra a África do Sul, em Johannesburgo.

Preocupado com a contusão, Lucas Leiva chegou a escrever no domingo em seu Twitter: “Seja o que Deus quiser”. Nesta terça-feira, após a realização dos exames médicos, ficou confirmado que ele precisará de cerca de dois meses de recuperação, mas a lesão não atingiu o tendão, o que seria muito mais grave.

Com a contusão, portanto, Lucas Leiva perderá a última chance de mostrar seu valor para Felipão. No dia 12 de fevereiro, o técnico pretende convocar a seleção para o amistoso contra a África do Sul, quando promete fazer os testes finais antes de fechar o grupo que levará para a disputa da Copa do Mundo no Brasil.

Lucas Leiva não esteve no grupo que conquistou o título da Copa das Confederações, em junho do ano passado, mas passou a ser convocado por Felipão desde então, tornando-se a principal opção para a reserva do volante Luiz Gustavo. Agora, ele espera estar na lista da Copa, a ser anunciada em maio.